• Fernanda Ramos

De olho no Diabetes

Atualizado: 14 de Jul de 2019


Dia 14 de novembro é o Dia Mundial do Diabetes, data que coloca em evidência a importância da prevenção e tratamento dessa doença crônica silenciosa que atinge 415 milhões de pessoas no mundo, com muitos subdiagósticos e alta taxa de mortalidade devido às complicações, sendo a quinta principal causa de morte. Os custos de cuidado de saúde com essa doença representam cerca de 12% do gasto total na área.


Na América Latina há uma expectativa de crescimento das taxas da doença estimada em 65% até 2040. No Brasil, estima-se que atualmente 14,3 milhões de pessoas vivam com Diabetes, sendo metade não diagnosticada.

Os subdiagósticos levam à maior susceptibilidade para as complicações, e o diagnóstico tardio representa que haverá pelo menos uma complicação no momento do diagnóstico. Isso significa que nessa população há maior incapacidade, causada pelas limitações físicas e maior mortalidade, comparada ao diagnóstico precoce.

As complicações do Diabetes incluem as doenças cardiovasculares, mais precoces nessa população, comparada à população sem a doença, retinopatia, que pode levar à cegueira, doença renal e amputações, que impacta diretamente na qualidade de vida de indivíduos jovens.

No site da Federação Internacional de Diabetes, há um teste para determinar o risco do indivíduo em desenvolver a doença (em inglês, espanhol e francês).


Fonte: International Diabetes Federation (website),2016

Além da prevenção e do diagnóstico precoce é importantíssimo o manejo das complicações, com tratamento adequado e controle dos níveis glicêmicos.

Por falar em prevenção, estima-se que cerca de 70% dos casos de diabetes tipo 2 podem ser prevenidos ou adiados com a adoção de estilo de vida saudável.

Nesse ano, ocorrerão diversas atividades ao redor do mundo promovendo a importância do diagnóstico precoce e do tratamento adequado na prevenção de complicações. Você pode ver a programação de todo Brasil aqui.

Então fica ligado, cuide-se para evitar desenvolver Diabetes e para evitar as complicações. É possível viver muito bem com o tratamento adequado. E, como diz o ditado popular, é melhor prevenir do que remediar!

Referências

International Diabetes Federation (IDF). 7th IDF Diabetes Atlas. 2016.

Diretrizes da Sociedade Brasileira de Diabetes (2015-2016) / Adolfo Milech...[et. al.]; organização José Egidio Paulo de Oliveira, Sérgio Vencio - São Paulo: A.C. Farmacêutica, 2016. (texto completo na biblioteca)

#Diabetes #DiaMundialdoDiabetes #Prevenção #saúde

1 visualização