• Sabrina Wertzner

É necessário fazer Jejum Pré-Operatório?


Você já se questionou se aquele ‘’jejum a partir da meia-noite’’ faz bem?

Pois eu também!

O jejum é uma precaução de segurança para os pacientes antes das cirurgias. A Síndrome de Mendelson, como é chamada a aspiração pulmonar relacionada à anestesia, tem sido descrita há muitos anos, e, com isso, o jejum rígido acompanha o procedimento, visando a redução da regurgitação e aspiração.

Jejuns prolongados são uma prática comum em ambientes hospitalares, em especial os pertencentes à rede pública, uma vez que cirurgias e procedimentos de urgência "furam a fila" do paciente que está lá aguardando, pacientemente, em jejum sua vez de entrar na sala de procedimentos.

Nos últimos anos, as Sociedades de Anestesiologia ao redor do mundo vêm modificando o tempo de jejum prescrito, dado que as evidências têm indicado que os períodos prolongados podem causar complicações peri e pós-cirúrgicas, além de mal estar (fome, sede).

Portanto, uma revisão sistemática realizada por Muñoz, Aguirreurreta e Braulio (2015) buscou as principais estudos com altos níveis de evidência, entre 2002 e 2013, e compilou-as, como segue a tabela abaixo:


Fonte: MUÑOZ, AGUIRREURRETA, BRAULIO, 2015

Além do tempo de jejum, as novas diretrizes reforçaram a importância do uso de fármacos apropriados e de soluções enriquecidas de carboidratos até duas horas antes da cirurgia para melhorar o bem estar, diminuir a resposta orgânica ao estresse, interferindo positivamente a evolução dos pacientes.

Ainda assim, muitos pacientes seguem sofrendo com o período excessivo de jejum pré-operatório:

  • Um estudo realizado por Abebe et al (2016) em um Hospital em Botswana mostrou que os pacientes ficam em jejum, em média, 15.9±2.5 h para sólidos e 15.3±2.3 h para líquidos claros – o que resulta em períodos 2,5 vezes maiores para sólidos e 7,65 vezes maiores para líquidos, quando comparado aos guias mais atuais;

  • Um estudo brasileiro, realizado por Imbelloni, Pombo e Filho (2015), mostrou que os pacientes ficaram em jejum, em média, 13:53 ± 2:05 para sólido e 15.3±2.3 h para líquidos – o que resulta em períodos 2,25 vezes maiores para sólidos e 7,65 vezes maiores para líquidos, quando comparado aos guias mais atuais;

  • Um estudo realizado por Ingadottir et al (2016) em um Hospital na Islândia mostrou que os pacientes ficam em jejum, em média, 13,6 ±3.0 para sólidos e 8,8 ±4.5 h para líquidos – o que resulta em períodos 2,26 vezes maiores para sólidos e 4,4 vezes maiores para líquidos, quando comparado aos guias mais atuais.

No Brasil, o Projeto ACERTO (Aceleração da Recuperação Total Pós-Operatória) visa a implantação de protocolos de abreviação de jejum pré-operatório em hospitais. A implementação do protocolo ACERTO diminui custos (30% em média) e diminui morbidade e tempo de internação.

Contudo, sabe-se que essa conduta ainda não é rotina na maioria dos hospitais brasileiros. Recomenda-se que profissionais da saúde abandonem as ultrapassadas condutas de longos períodos de jejum e se ajustem aos novos protocolos, proporcionando mais benefícios aos pacientes.

MUÑOZ, A.C. López; AGUIRREURRETA, N. Busto; BRAULIO, J. Tomás. Guías de ayuno preoperatorio: actualización. Revista Española de Anestesiología y Reanimación, [s.l.], v. 62, n. 3, p.145-156, mar. 2015. Elsevier BV. http://dx.doi.org/10.1016/j.redar.2014.09.006.

ABEBE, Worknehe Agegnehu et al. Preoperative fasting times in elective surgical patients at a referral Hospital in Botswana. The Pan African Medical Journal. [s.l.], v. 23, n. 102, dez. 2016. PMC. doi:10.11604/pamj.2016.23.102.8863.

IMBELLONI, Luiz Eduardo; POMBO, Illova Anaya Nasiane; MORAIS FILHO, Geraldo Borges de. A diminuição do tempo de jejum melhora o conforto e satisfação com anestesia em pacientes idosos com fratura de quadril. Brazilian Journal Of Anesthesiology,[s.l.], v. 65, n. 2, p.117-123, mar. 2015. Elsevier BV. http://dx.doi.org/10.1016/j.bjan.2013.10.017.

INGADÓTTIR, Brynja et al. Preoperative fasting: Instructions to patients and length of fasting - a prospective, descriptive survey. Laeknabladid/The Icelandic Medical Journal. [s.l.], v. 6, n. 102, p.283-288, 2 jun. 2016. http://dx.doi.org/10.17992/lbl.2016.06.86.

NUNES, Francisca Leide da Silva et al. Fasting time perioperative versus time hospital permanence and complications after surgical patients submitted to surgery of the gastrointestinal tract and abdominal wall. Nutrición Clínica y Dietética Hospitalaria, [s.l.], n. 35, p.35-40, 2015. SEDCA. http://dx.doi.org/10.12873/352dasnunes.

PROJETO ACERTO. Jejum Pré-Operatório. 2016. Disponível em: <http://projetoacerto.com.br/jejum-pre-operatorio/>. Acesso em: 07 dez. 2016.

#Jejum #Jejumpréoperatório #SíndromedeMendelson #ProjetoACERTO

0 visualização