• Isis Stelmo

A regra dos 5 segundos

Atualizado: 16 de Jul de 2019



Com a imagem da Enterobacter aerogenes acima, em clima de Natal, você já deve ter imaginado qual será o assunto de hoje:

Tenho certeza que quando você estava comendo aquele chocolate maravilhoso e deixou cair no chão, pensou na maravilhosa "regra dos 5 segundos", transmitida oralmente, de geração para geração, de amigo para amigo.

Mas será que é verdade?!?!

Vários estudos já foram feitos, contudo, o mais recente aponta que a contaminação é instantânea, porém a quantidade de bactérias pode variar de acordo com o tempo de exposição, atividade de água do alimento (já que a bactéria não tem pernas e precisa de uma superfície fluida para se locomover) e e tipo de superfície onde o alimento está apoiado.

Neste estudo, percebeu-se que a contaminação foi mais rápida no aço inoxidável e em material de telha, comparado ao carpete. A respeito da madeira, os resultados foram inconclusivos.

Logo, o que vale é o bom senso e pensar se vale a pena correr o risco ou é melhor ficar para a próxima ;-)

Referência:

Robyn C. Miranda and Donald W. Schaffner. Longer Contact Times Increase Cross-Contamination of Enterobacter aerogenes from Surfaces to Food. Appl. Environ. Microbiol. doi:10.1128/AEM.01838-16. Disponível em: <http://aem.asm.org/> Acesso em: 19 dez 2016

#bactéria #regrados5segundos #contaminação #germes

8 visualizações