• Fernanda Ramos

Confraternizar é...


É um ritual: a cada fim de ano há confraternizações em várias esferas da nossa vida ...no trabalho, com os amigos, com a família. É um fechamento de ciclo ao mesmo tempo em que é uma fase de renovação.

E, independente da circunstância, a COMIDA sempre está presente! Afinal de contas, a COMIDA tem um papel importante e bastante forte nas culturas, principalmente as latinas, em que tem também dimensão do cuidar.

O comer em conjunto é um importante fator cultural de diversos povos desde a Antiguidade, sendo uma forma de solidariedade e de reafirmação de vínculos. Comer e beber está relacionado com celebrar.


Os camponeses comendo batatas. Vincent van Gogh, 1885

Nesse contexto entra o conceito de comensalidade, do comer junto, que envolve tradição, saberes, cultura, afetividades, pertencimento a um grupo. Alimentar-se tem uma série de simbolismos além da nutrição ao corpo (ainda bem!), desde a escolha, preparo, até ao ambiente em que é consumida.

Comensalidade deriva do latim “mensa”, que significa conviver à mesa. Não se restringe ao que se come, mas como se come, como fator estruturante da organização e relacionamento sociais.


The feast of the Bean King. Jacob Jordaens, 1640/1645

Comer é cultura, tradição, é a transformação do alimento, é dizer quem somos, é recriar um mundo, é estar em um mundo! Que as confraternizações sejam assim, cheias de significados e geradoras de boas lembranças.

Referências

Gameiro N. O que é comensalidade? Entrevista. Disponível em: http://ideiasnamesa.unb.br/index.php?r=noticia/view&id=107. Acesso em 21/12/2016

Moreira SA. Alimentação e Comensalidade: aspectos históricos e antropológicos. Cienc. Cult; 2010; 62 (4).

Lima RS, Ferreira Neto JA, Farias RCP. Alimentação, comida e cultura: o exercício da comensalidade. Demetra; 2015; 10(3); 507-522

Miranda DS, Cornelli G (org). Cultura e alimentação: saberes alimentares e sabores culturais. SESC, 2007. 176p.

#comensalidade #comida #confraternização #cultura

6 visualizações