• Isis Stelmo

Melhor aceitação de comida por meio do tato

Atualizado: 16 de Jul de 2019



Sabe-se que para alcançar uma vida saudável é necessário que se tenha, entre outras coisas, uma alimentação variada e balanceada.

Os hábitos alimentares saudáveis se iniciam na infância e vão determinar as escolhas alimentares desse indivíduo até a vida adulta. Ou seja, se a criança costuma comer frutas, verduras e legumes, mais chances de ser um adulto que também comerá esses alimentos.

Contudo, a aceitação alimentar não é relacionada apenas ao gosto da comida. Estudos vêm mostrando que expor a criança à textura de certos alimentos auxiliará na melhor aceitação destes.

Pesquisadores da Holanda fizeram um teste com um grupo de 66 crianças, dividindo-o em dois: intervenção e controle.

Ao grupo intervenção foi oferecida uma mistura que era parecida com a consistência do iogurte que experimentariam depois.

Constatou-se que as crianças que tocaram a mistura tiveram maior aceitação do alimento do que as crianças que estavam no grupo controle.

Vale comentar que essa é a proposta do BLW: Baby Lead Weaning, na qual os responsáveis oferecem os alimentos às crianças, mas sem muitas interferências e deixam os pequenos tocarem, morderem e fazer experimentações com os alimentos.

Chantal Nederkoorn, Julia Theiben, Michelle Tummers, Anne Roefs. Taste the feeling or feel the tasting: Tactile exposure to food texturepromotes food acceptance. Faculty of Psychology and Neuroscience, Maastricht University, Maastricht, The Netherlands. Appetite 120 (2018) 297e301


#comida #aceitação #crianças #comedorseletivo #comersaudável #nutrição #alimentaçãosaudável

10 visualizações