Contracepção para homens

E a polêmica da pesquisa que foi abandonada.

Semana passada, apareceu em vários veículos de comunicação que a pesquisa da "pílula" (injeção) anticoncepcional masculina havia sido interrompida pelos efeitos adversos causados pelo medicamento. Para muitas mulheres, isso foi uma afronta! Já que muitas de nós somos atingidas por efeitos adversos similares há anos.

Vamos ler mais sobre isso?

O estudo citado, publicado no The Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism, foi realizado com 320 participantes, homens entre 18 e 45 anos, em relacionamentos monogâmicos há, pelo menos, 1 ano com parceiras entre 18 e 38 anos. Foram aplicadas 200-mg (200mg/ml) de Enantato de Noretisterona (NET-EN) e 1000-mg (250mg/ml) de undecanoato de testosterona (TU), em duas injeções glúteas separadas, totalizando 4 sessões, separadas por 8 semanas.

Foram relatados 1491 efeitos adversos, porém 38.8% deles não foram associados aos medicamentos aplicados no estudo. Os efeitos adversos mais relatados foram: acne, aumento da libido, mialgia, variações de humor, contudo a maioria foi considerada como uma manifestação suave de sintomas. Ainda assim, 75% dos participantes relataram que utilizariam o método de contracepção com o intuito de reduzir a produção de espermatozoides de maneira reversível.

Mesmo assim, este estudo não terá continuidade. Na conclusão, os pesquisadores referem que foram feitos vários avanços com este ensaio clínico e que essa pesquisa será muito importante como base para futuras descobertas.

E, ainda hoje, mulheres que escolhem o método de contracepção hormonal precisam lidar com efeitos adversos muito semelhantes ao que encontraram no ensaio clínico supracitado, como variações de humor, de peso, náusea, dor de cabeça e neste ano foi publicado um estudo dinamarquês associando o uso de pílula anticoncepcional e o surgimento de depressão em adolescentes. E as mulheres continuam utilizando as pílulas pelo mundo todo.

Por que não continuar a pesquisa do método hormonal em homens testando outras doses, outras combinações de medicamentos? Ou investir mais em métodos contraceptivos não-hormonais mais seguros para mulheres, também?

Desde a pílula anticoncepcional feminina lançada no mercado nos Estados Unidos, em 1960, houve um hiato acerca dos avanços da contracepção masculina, os quais são camisinha, vasectomia e, a não tão segura e nem recomendada, retirada do pênis antes da ejaculação. Tanto que as mulheres possuem mais opções (diafragma, DIU, pílula, anticoncepcional injetável, camisinha, laqueadura) do que os homens.

Mas nem tudo está perdido!

Existem algumas pesquisas em andamento com métodos não-hormonais de contracepção para homens:

  • O Vasalgel, desenvolvido pela Parsemus Foundation, é um gel feito a partir de um polímero que é aplicado nos canais deferentes que impedem a passagem dos espermatozoides com duração de 12 meses e pode ser reaplicado após esse período. Seria uma alternativa a vasectomia. O teste feito em coelhos durante esses 12 meses trouxe resultados promissores e os testes em humanos estão para começar;

  • A pesquisa do Dr. Gary Flinn colaborando com cientistas da Universidade de Stanford, os quais estão pesquisando uma proteína fundamental para a formação do esperma e uma droga que suprima suas funções.

Ambas as pesquisas estão coletando doações para dar continuidade aos projetos.

Para saber mais, acesse:

Behre HM, Zitzmann M, Anderson RA, Handelsman DJ, Lestari SW, McLachlan RI, Meriggiola MC, Misro MM, Noe G, Wu FCW, Festin MPR, Habib NA, Vogelsong KM, Callahan MM, Linton KA, Colvard SD - Efficacy and Safety of an Injectable Combination Hormonal Contraceptive for Men. Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism. 27 de Out de 2016. doi: http://dx.doi.org/10.1210/jc.2016-2141

https://www.parsemusfoundation.org/projects/vasalgel/

https://www.indiegogo.com/projects/male-contraception-it-s-time#/

Skovlund CW; Mørch LS; Kessing LV; et al. JAMA Psychiatry, 2016 doi: 10.1001/jamapsychiatry.2016.2387

http://youngwomenshealth.org/2013/07/25/birth-control-pills/

Cultura E Tal:

The Baker's Wife (1938)

O filme é baseado em um livro de Jean Giono, um doce conto pastoral, sobre um padeiro que fica pertur-bado quando sua esposa o deixa.

O padeiro então passa-se a recusar a fornecer pão à aldeia até ela voltar para ele.