Ácido quem?

Muitas pessoas gostam de um drama, um escândalo, um sensacionalismo... Ainda mais num país onde a educação é de má qualidade e agem com orgulho por não "colocarem política em tudo porque essa coisa de política é muito chata".

Aviso aos navegantes: todas as decisões que você toma desde a hora que levanta até a hora de dormir são atos políticos. No que diz respeito a comida, todas as suas escolhas alimentares são decisões políticas, conscientes (todas deveriam ser) ou não.

E a gente percebe que a coisa está bem feia quando grandes veículos de informação que deveriam se preocupar em produzir e compartilhar informação de qualidade, com, até mesmo, um certo rigor científico, publica um monte de matérias causando furor, babado e confusão.

A respeito da operação, vi alguns pareceres de comissões envolvidas, de alguns profissionais da área... mas, ainda não vi nenhuma nota do Ministério da Saúde, já que estamos falando também de Saúde Pública; um esclarecimento a população por parte de outros órgãos competentes sobre o que realmente aconteceu, onde e como, doa a quem doer.

Resultado disso: um monte de brasileiros assustados, uns sem saber o que fazer com a carne que compraram na semana passada, outros pensando em adotar o estilo vegetariano de vida, enfim, o caos.

Mas vou mencionar aqui um dos aspectos que, pelo menos para mim, mais causou dúvidas e controvérsias: o ácido ascórbico, também conhecido como Vitamina C.

Sim, ela também é utilizada na conservação de carnes ou produtos cárneos, principalmente em "produtos secos, curados e/ou maturados embutidos ou não", de acordo com a portaria nº 1004/1998 da ANVISA, mas lá não há uma quantidade máxima determinada, apenas "quantidade suficiente".

Apesar disso, a vitamina C é necessária para a síntese de colágeno no organismo humano, para auxiliar a absorção de ferro, metabolismo de proteínas, etc. Nós precisamos de vitamina C diariamente, para adultos homens 90mg/dia e para mulheres 75mg/dia. Principais fontes: frutas, verduras e legumes. A dose máxima sem causar danos a saúde é de 2000 mg; para alcançá-la, seria necessário ingerir um pouco mais de 200g de acerola ou mais de 3kg de laranja.

E não, vitamina C não causa câncer. Na verdade, alguns estudos a tem testado como um possível auxílio no tratamento de pacientes com câncer, contudo, os resultados ainda são controversos.

Leia também:

Enio Marques: Caros amigos, a carne é forte!!!!

Patinho ou filé mignon?

Papelão e substância cancerígena ou exagero? O que se sabe - e o que é dúvida- na operação Carne Fraca

"Mal não faz"

Para saber mais:

Vitamin C - Fact Sheet for Health Professionals https://ods.od.nih.gov/factsheets/VitaminC-HealthProfessional/

Cultura E Tal:

The Baker's Wife (1938)

O filme é baseado em um livro de Jean Giono, um doce conto pastoral, sobre um padeiro que fica pertur-bado quando sua esposa o deixa.

O padeiro então passa-se a recusar a fornecer pão à aldeia até ela voltar para ele.