Cáries precoces na infância

Pasmem pasmem!


Você sabia que a cárie precoce na infância é a doença mais comum?


Pois é. A doença dentária ocorre, principalmente, nos bebês que consomem açúcar - seja de adição ou presente nos alimentos - e que não realizam higiene dentária adequada.


As cáries são formadas por uma interação complexa entre bactérias ácido-produtoras e carboidratos fermentáveis, dentes e saliva. Carboidratos fermentáveis são aqueles presentes em certas frutas, laticínios (em especial os que contém lactose), pães e massas, e leguminosas.


Ou seja, praticamente tudo que compões uma alimentação normal.

Mas então, como prevenir?

Higiene oral. DESDE O PRIMEIRO DENTE!


Os fatores de risco para cáries são, em sua maioria, preveníveis e evitáveis. Por outro lado, o acometimento na primeira infância pode desencadear problemas de desenvolvimento (dada a nutrição prejudicada) e psicológico (constrangimento social por conta da aparência).


Vale destacar:

1) Crianças menores de 2 anos não devem receber açúcar!

2) Mamadeiras (em especial com fórmulas infantis) levam à um risco aumentado de cáries.


Referências:

MAHAM, L. K.; ESCOTT-STUMP, S. Krause: Alimentos, nutrição e dietoterapia. 12ª edição. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010. 1351 p.

Brasil. Guia alimentar para a população brasileira. 2. ed. – Brasília : ministério da saúde, 2014.


Cultura E Tal:

The Baker's Wife (1938)

O filme é baseado em um livro de Jean Giono, um doce conto pastoral, sobre um padeiro que fica pertur-bado quando sua esposa o deixa.

O padeiro então passa-se a recusar a fornecer pão à aldeia até ela voltar para ele.