Obrigada, John Snow

John Snow contribuiu de forma grandiosa com seus estudos e aplicações de suas teorias.


Não, não aquele guerreiro talentoso – e bonitão - com grande senso de honra e justiça da série Game of Thrones, mas o médico inglês, fã de anestésicos e revolucionário com suas investigações sobre a epidemia da cólera em Londres, que hoje é chamado de pai da saúde pública, anestesia e epidemiologia graças a seus feitos (muito do que temos hoje sobre modelos matemáticos e suas análises são graças as iniciativas de pesquisas de John Snow).


Tudo começou em 1849 quando Snow sugeriu a primeira teoria que descrevia a transmissão da cólera por meio da água de um poço público do centro de Londres. A cólera, até então, já havia matado centenas de milhares de pessoas.


Nesta época, médicos acreditavam que a cólera era causada por "miasmas".


A Teoria Miasmática refere-se à teoria biológica formulada por Thomas Sydenham e Giovanni Maria Lancisi (séc. XVII) na qual doenças teriam origem nos miasmas: odores venenosos e cheiros fétidos, provenientes de pântanos, de água parada e de matéria orgânica em decomposição.


Graças a esta teoria, medidas de Saúde Pública foram desenvolvidas para amenizar os efeitos dos miasmas, tais quais o enterro de cadáveres, os sistemas de esgotos, coleta de lixos, etc.


Porém, Snow era um cara curioso e suas investigações mostraram que a teoria dos miasmas não poderia ser suficiente para explicar as mortes por cólera. Quando casos e mais casos apareceram em 1848, Snow começou a examinar os pacientes doentes. Todos relataram que seus primeiros sintomas foram problemas digestivos. Snow logo concluiu que a doença derivava de comida ou água contaminada.


Ele pensou que, se as vítimas tivessem absorvido o “veneno da cólera” pelo ar poluído como apresentado na teoria dos miasmas, então seus primeiros sintomas deveriam aparecer nos sistemas respiratórios dos contaminados e não em seus tratos digestivos.


Suas análises laboratoriais nos materiais – água – mostravam-se inconclusivas, então, ele passou a investigar a partir do método chamado geográfico que baseava-se na comparação entre a população afetada e não afetada e o cruzamento com um meio comum transmissor. John Snow foi a primeira pessoa a fazer uso de uma pesquisa sobre a incidência e distribuição de uma epidemia em um esforço para determinar sua causa.


Em meados de 1850 a teoria fortaleceu-se. Snow decidiu coletar dados estatísticos e compilar um mapa mostrando onde as vítimas moravam e onde se abasteciam de água. Após o cruzamento dos dados, ele concluiu que o número de vítimas poderia estar associado a bomba de água da Broad Street.


Apesar da falta de evidências físicas do material transmissor e a descrença da comunidade médica, Snow participou da reunião do Conselho dos Local. Mostrou o resultado de suas pesquisas, ressaltando a recomendação de inativar a bomba de água da Broad Street, para que mais ninguém pudesse ser infectado. Os membros do conselho foram céticos a seus argumentos, mas concordaram em inativar a bomba como uma das medidas de precaução. Após do feito, o surto de cólera local cessou rapidamente e mais tarde identificou-se a origem da contaminação do poço: uma fossa mal isolada, de onde “vazou” a matéria contaminada.


Jovem, em 1858, John Snow faleceu por um derrame cerebral. Infelizmente, sem saber que o bacilo causador da cólera havia sido descoberto em 1854 pelo anatomista italiano Fillipo Pacini, que usava um microscópio para examinar as paredes intestinais das pessoas mortas por cólera.


Ainda assim, em sua morte, os miasmistas ainda prevaleciam. A teoria dos germes das doença foi reconhecida apenas na década de 1860, com demonstrações do químico francês Louis Pasteur de que organismos microscópicos podem causar doenças.


Portanto, podemos afirmar que graças ao Mestre John Snow, você pode já não é mais um na multidão. Com o mapeamento populacional, a partir do momento que você nasce, você já pode ser considerado parte da estatística mundial. A cada acontecimento em sua vida, desde imunizações à acometimentos de doenças, internações e altas hospitalares, você faz parte da estatística. E isso falando apenas de uma pequena área do conhecimento.


Então, muito obrigada John Snow! O mundo não seria o mesmo sem você!


Se quiser saber mais sobre sua incrível jornada, acesse o site da UCLA dedicado a ele.


WIKIPEDIA. Teoria miasmática. 2019. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Teoria_miasm%C3%A1tica>. Acesso em: 10 jul. 2019.


WIKIPEDIA. Jon Snow. 2019. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Jon_Snow>. Acesso em: 10 jul. 2019.


UCLA. Father of Modern Epidemiology. 2005. Disponível em: <http://www.ph.ucla.edu/epi/snow/fatherofepidemiology.html#ONE>. Acesso em: 10 jul. 2019.


SNOW, John. On the supposed influence of offensive trades on mortality. International Journal Of Epidemiology. X, p. 1233-1235. out. 2013. Disponível em: <https://academic.oup.com/ije/article/42/5/1233/621021>. Acesso em: 10 jul. 2019.


Cultura E Tal:

The Baker's Wife (1938)

O filme é baseado em um livro de Jean Giono, um doce conto pastoral, sobre um padeiro que fica pertur-bado quando sua esposa o deixa.

O padeiro então passa-se a recusar a fornecer pão à aldeia até ela voltar para ele.